10 de setembro de 2007

T2


Então e a campanha de credito à habitação do Millennium BCP?

Primeiro, se o Ricardo Azevedo não tivesse sido vocalista dos Ez Special, nunca teria gravado um disco pela Universal. As faixas são, em geral, de uma linguagem que só encontra paralelo nas redacções que eu fazia na 3ª classe.

Segundo, de entre todos os temas mediocres, o "Pequeno T2" é o pior.

Terceiro, que banco (ou que agência) imagina uma campanha publicitária baseada na ideia de que com o Millennium BCP vamos todos virar a vida de pernas para o ar, esforço necessário para comprar um pequeno T2. Então eu 'boto' as tripas de fora e o máximo que consigo é um apartamento com dois quartos? Ponho os putos a dormir num beliche? E se me nasce um casal? Por favor, para casas pequenas vou aos classificados do Correio da Manhã, não ao banco.

Como se não bastasse a casa apertada, sobra a história do "carro com tecto de abrir". Toda a gente sabe que os carros com tecto de abrir ficam cheios de lixo e cocó dos pombos.

Ao Ricardo resta o consolo de ser a única estrela de publicidade a escolher "ser feliche".

4 comentários:

Leididi disse...

Estalos na cara. Es-ta-los na ca-ra (dele)

Anónimo disse...

havia qualquer coisa nas palavras dele que me irritava profundamente (para além do óbvio): essa do "feliche" acertou na mouche!

raquel disse...

a mim só me apatece dar estalos é na cara de quem escreveu estes disparates todos... A musica é animada e divertida e gente que não tem mais que fazer vem para aqui criticar, olhem arranjem vocês um trabalhinho pa se entreterem!

Trabalhador humilde disse...

Vou já para ali trabalhar, mas acho que isso não vai fazer com que goste de uma música tão má...