4 de agosto de 2006

80 minutos de cinema

Capuchinho Vermelho: A Verdadeira História

Título original: Hoodwinked: The True Story Of Red Riding Hood
Realização: Cory Edwards
Intérpretes: Glenn Close (Voz), James Belushi (Voz), Anne Hathaway (Voz)

Estados Unidos, 2005

Comentário: O meu psicólogo chamava-lhe "infância mal resolvida". A minha mãe é condescendente e o meu pai, enfim, prefere fingir que não sabe o que se passa. Sim, eu não perco um desenho animado. Continuemos.
O motivo: A reinvenção de um dos clássicos da animação - Capuchinho Vermelho. A ousadia: Fazer duma história parva, uma história moderna. Não conseguiram, digo eu! E o sono que senti é testemunha.

Capuchinho Vermelho é tecnicamente deficiente (PIXAR, oh PIXAR!). A história baseia-se num arriscado principio de repetição: O mesmo acontecimento narrado pelos diferentes intervenientes, de acordo com a sua visão do mesmo. Resulta bem uma, duas vezes, mas quatro? Oh valha-nos Deus, que Jesus Cristo já não chega!
Vale pelo esquilo (um personagem muito, muito, muito parecido ao equivalente do Pular a Cerca, da Dreamworks) e pela loira que se sentou ao meu lado e me fez convites ordinários o filme inteiro*.

* Ok, esta da loira é uma invenção pós-nupcial.

1 comentário:

Leididi disse...

OOOOOOOOOOHHH que pena :( tinha esperança que fosse giro!