14 de novembro de 2009

A Casa

Depois de 3 (ou quatro?) dias em Cabo Verde, já tenho casa. Consegui alugar um apartamento muito jeitoso, a cinco minutos do trabalho. A ideia era mesmo essa: uma casa que, mesmo um pouco mais cara, me permitisse ir de casa para o trabalho e do trabalho para casa sem grandes complicações. Ainda que a cidade tenha uma rede relativamente organizada de transportes públicos (10 - 0 a Luanda), é sempre mais económico fazer as deslocações diárias a pé. Assim, consigo ir almoçar a casa e tudo. Para além do mais estou rodeado de sítios importantes: embaixadas (Estados Unidos e Portugal logo ali), Assembleia Nacional (onde em breve vou passar muitas horas) e Ministérios. De resto, o apartamento, um belo segundo andar, fica mesmo ao lado dos Negócios Estrangeiros.

Para já, a casa está vazia. Mudo-me, provavelmente, na segunda ou terça-feira, assim que comprar a cama. Vou faze-lo por um bom preço. Para já, as prioridades são o quarto e a cozinha. A sala ficará para outras núpcias.

5 comentários:

andorinhaavoaavoa disse...

Já tens um cantinho e bem localizado, por sinal. Isso era o mais importante. O resto vem com o tempo, mas escolhe bem a cama. Um soninho descansado faz a diferença...

Ric disse...

A andorinha tem razão. Uma boa cama é essencial. Com boas molas, nem muito dura nem muito mole. E, preferencialmente, silenciosa! Porque estarmos sempre a acordar de cada vez que nos mexemos na cama é muito desagradável... Procura no Ikea! Há lá sempre boas opções. Bom, quer dizer, estás em África...
Acho que conheço mais ou menos essa zona para onde vais. Penso que é uma zona tranquila. Quando te for visitar já sei onde te posso encontrar!

You know who disse...

E compra uma caminha para mim.

Catarina disse...

Vamos ao que interessa: e tem espaço para uns penetras ou não? Beijinho!!!

Orangina disse...

Muito bem :)