22 de maio de 2009

E está tudo dito

Ontem, numa reportagem nocturna, durante a festa de aniversário de um espaço cultural de Luanda, optei por colocar a todos os [muitos] entrevistados a mesma pergunta e apenas esta:
O que é que o Elinga tem?
A diversidade das respostas foi tanta que daqui podemos tirar uma lição: às vezes complicamos, com frases demasiado elaboradas e perguntas excessivamente forçadas, quando, no fundo, tudo se resume a pequenas coisas.

6 comentários:

Antígona disse...

Olha! É da minha vista ou mudaste o visual?
Está giro :)
Quanto às pequenas coisas, são sempre as mais importantes. O problema é que, simplificar, não é para todos...

Nuno Andrade Ferreira disse...

Confirma-se. Mudámos mesmo o visual.

Catarina disse...

Eu sei o que é que o Elinga tem! Tem uma mística especial, que torna um edifício pobre e degradado, num espaço muito rico - pela música, pela vista sobre a cidade, pela cumplicidade de quem o frequenta! Um grande beijinho e parabéns pelo novo look!

sakura disse...

Olha o look de Verão! =)
E como alguém escreveu: o essencial é invisivel aos olhos!
Beijos!

Sereia disse...

O que é que a Baiana tem...titititiiririrtititi!

andorinhaavoaavoa disse...

Eu penso que a pergunta seria mais: Quando é que o Elinga fecha???
Todas as festas dos últimos meses eram sempre as ultimas... a pergunta mantém-se!!!
LOL